By Gerardo Campos, district pastor in Elim Church, www.elim.org.sv Several years ago Pastor Mario Vega gave each of the Elim church district pastors a copy of Joel Comiskey's book “How to be a great cell group coach”. Almost immediately I suggested ...

Joel Comiskey Group

Here are the Joel Comiskey Group email updates for you. Click here to start your FREE subscription



Time with God and more from joelcomiskeygroup.com Blog

Time with God

By Gerardo Campos, district pastor in Elim Church, www.elim.org.sv

Several years ago Pastor Mario Vega gave each of the Elim church district pastors a copy of Joel Comiskey’s book “How to be a great cell group coach”. Almost immediately I suggested to our zone pastors that they also read and meditate on it. The experience was like immersing ourselves in the waters of the Jordan River and receiving healing for the work we do (2 Kings 5:14).

Speaking of the habits of a great coach, Comiskey says,  “Coaches have nothing of real value to give to their cell leaders apart from what they are receiving from God Himself. For their advice to be effective and fruitful, they must be connected to the source of power.”

Receiving from God first is a very important key before we try to minister to our leaders.  While it is true that the leader must invest a lot of time in relationship with people and other leaders, he or she will need to practice important spiritual disciplines to be effective in ministering to others.

Pastors, coaches, and leaders must be careful to prioritize their time with God so that ministering to people doesn’t become more important that receiving ministry from God. The reality is that often urgent ministry needs can be delegated or can wait, while the leaders spends uninterrupted connection with God. In this way, we will be ministered by the Holy Spirit in order to more effectively minister to others.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Tempo com Deus

Por Gerardo Campos, pastor de distrito na Elim Church, www.elim.org.sv

Há vários anos, o pastor Mario Vega deu a cada um dos pastores de distrito da Igreja Elim uma cópia do livro de Joel Comiskey ” How to be a great cell group coach” (“Como ser um grande treinador de células”, em tradução livre). Quase imediatamente sugeri aos nossos pastores de região que eles também lessem e meditassem nele. A experiência foi como imergir-nos nas águas do rio Jordão e receber cura pelo trabalho que fazemos (2 Reis 5:14).

Falando sobre os hábitos de um grande treinador, Comiskey diz: “Os treinadores não têm nada de valor real para dar aos seus líderes de célula além do que eles estão recebendo do próprio Deus. Para que seus conselhos sejam efetivos e frutíferos, eles devem estar conectados à fonte de poder”.

Receber de Deus primeiro é uma chave muito importante antes de tentarmos ministrar aos nossos líderes. Embora seja verdade que o líder deve investir muito tempo em relacionamento com pessoas e com outros líderes, ele ou ela precisará praticar importantes disciplinas espirituais para ser eficaz em ministrar a outros.

Pastores, treinadores e líderes devem ter o cuidado de priorizar seu tempo com Deus para que ministrar pessoas não se torne mais importante que receber o ministério de Deus. A realidade é que muitas vezes as necessidades urgentes do ministério podem ser delegadas ou podem esperar, enquanto os líderes passam uma conexão ininterrupta com Deus. Desta forma, seremos ministrados pelo Espírito Santo para ministrar mais eficazmente aos outros.

Spanish blog:

Tiempo para estar con Dios

Por Gerardo Campos, pastor de distrito de Iglesia Elim, www.elim.org.sv

Hace varios años el pastor Mario Vega nos entregó a cada uno de los pastores de distrito de iglesia Elim un ejemplar del libro de Joel Comiskey “Cómo ser un excelente asesor de grupos celulares”. Casi inmediatamente sugerí a los pastores de zona hacer con los supervisores una lectura evaluada. La experiencia fue como habernos sumergido en las aguas del rio Jordán y recibir sanidad para el trabajo que realizamos (2 Reyes 5:14).

Hablando de los hábitos del asesor dice: “Los asesores no tienen nada de verdadero valor para dar a sus líderes celulares aparte de lo que están recibiendo de Dios mismo. Para que su asesoramiento sea eficaz y fructífero, deben estar conectados con la fuente de poder”.

Recibir es una clave muy importante en la que procuramos inducir a los líderes cada semana, y para lograrlo se necesita hacer tiempo para estar a solas con Dios. Si bien es cierto que el líder debe de invertir mucho en relaciones con las personas; necesitará practicar importantes disciplinas espirituales para su crecimiento espiritual con Jesús.

Es así como los pastores, supervisores, y líderes debemos cuidar del uso del tiempo a fin de que lo urgente no se convierta en lo importante; lo urgente muchas veces son las cosas que podrían delegarse o esperar, pero lo importante siempre será cuidar de tener una conexión ininterrumpida con Dios. Así, seremos ministrados por el Espíritu Santo a fin de ser mejores cristianos y tener así mismo las condiciones para ministrar a los demás.

     


Children First, Then Servants

coaches_steveCordleCropped

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Ministry is impossible. I can’t do it, but sometimes I forget that. I can’t change a heart. Only the Holy Spirit can do that. I can’t even make someone want to come to group, let alone choose to deny themselves and follow Jesus. But the Holy Spirit can. That’s why I need his power.

Ministry is draining. Leading others over a long period of time can leave me empty. But hearing from Jesus and sensing his love for me refreshes me like nothing else. That’s why I need to be in his presence.

Before we are servants of God we are children of our Heavenly Father. That is why we need time with our Father. Spending time to cultivate our relationship with God is essential for our work in ministry. Oddly enough, if I neglect time with him it will not be because I don’t want to take it. It will be because I enjoy it but see it as a personal luxury I cannot afford. But that is exactly wrong. Jesus said, “If you remain in me and I in you, you will bear much fruit; apart from me you can do nothing.” (John 15:5)

One of the ways I remain with Jesus is to spend time alone with him worshiping, reading scripture, listening in prayer and journaling what I hear. I make it a point never to make my scripture reading double as sermon preparation. I don’t the weekend’s text in my devotional time. This is time for God to speak to my soul as his child, not as his servant/worker. Even so, every once in a while I will get an insight or have an idea for ministry that comes out of my time with God. That’s fine, but it is not the point.

Jesus offers us his power, wisdom, strength, love and guidance. Let’s make sure we stay connected to him so that our souls will over flow with His presence.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Filhos primeiro, e então servos

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

O Ministério é impossível. Não posso fazê-lo, mas às vezes esqueço disso. Não posso mudar um coração. Somente o Espírito Santo pode fazer isso. Eu não posso nem fazer alguém querer vir para o grupo, e muito menos escolher negar-se e seguir Jesus. Mas o Espírito Santo pode. É por isso que eu preciso do seu poder.

O Ministério está drenando. Liderar os outros por um longo período de tempo pode deixar-me vazio. Mas ouvir de Jesus e sentir Seu amor por mim me refresca como nada mais. É por isso que eu preciso estar na presença dele.

Antes de ser servos de Deus, somos filhos de nosso Pai Celestial. É por isso que precisamos de tempo com o nosso Pai. Passar o tempo para cultivar nosso relacionamento com Deus é essencial para o nosso trabalho no ministério. Curiosamente, se eu negligenciar o tempo com ele, não será porque eu não quero tomar isso. Será porque gosto disso, mas vejo isso como um luxo pessoal que não posso pagar. Mas isso é exatamente errado. Jesus disse: “Se você permanecer em mim e eu em você, você dará muito fruto; Separado de mim, você não pode fazer nada. “(João 15: 5)

Uma das maneiras pelas quais eu permaneço com Jesus é passar o tempo sozinho com ele adorando, lendo as Escrituras, ouvindo em oração e registrando o que eu ouço. Eu faço questão de nunca fazer minha leitura das Escrituras duplamente como preparação do sermão. Eu não escrevo o texto do fim de semana no meu tempo devocional. É hora de Deus falar com a minha alma como seu filho, não como seu servo / trabalhador. Mesmo assim, de vez em quando eu vou ter uma visão ou ter uma ideia para o ministério que sai do meu tempo com Deus. Isso está tudo bem, mas não é o caso.

Jesus nos oferece seu poder, sabedoria, força, amor e orientação. Certifique-se de que nos mantenhamos conectados a Ele para que nossas almas fluam com Sua presença.

Spanish blog:

Primero niños, luego siervos.

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

El ministerio es imposible. No puedo hacerlo solo, pero a veces esto se me olvida. No puedo cambiar un corazón, sólo el Espíritu Santo puede hacerlo; ni siquiera puedo hacer que alguien quiera ir a una célula, y mucho menos que esta elija negarse a sí mismo y seguir a Jesús. Pero el Espíritu Santo si puede, por eso necesito de su poder.

El ministerio se está secando. Liderar a otros durante un largo período de tiempo puede dejarme vacío. Pero escuchar a Jesús y sentir su amor por mí, me refresca como nada más. Por eso necesito estar en su presencia.

Antes de ser siervos, primero somos hijos de nuestro Padre Celestial. Por eso necesitamos tiempo con Él. Tomarse tiempo para cultivar nuestra relación con Dios, es esencial para nuestro trabajo en el ministerio. Curiosamente, si descuidamos el tiempo con él no será porque no queremos tomarlo, sino porque nos gusta, pero lo vemos como un lujo personal, el cual no podemos pagar. Pero eso es totalmente incorrecto. Jesús dijo: “El que permanece en mí, como yo en él, dará mucho fruto; separados de mí no pueden ustedes hacer nada.”(Juan 15: 5 NVI).

Una de las maneras en que permanezco con Jesús, es pasando tiempo a solas con él; adorando, leyendo las escrituras, escuchandolo en oración y escribiendo lo que escuchó. Hago el compromiso de nunca leer mis escritos como preparación del sermón. No hago el texto del fin de semana en mi tiempo devocional, porque este es el momento para que Dios hable a mi alma como su hijo, no como su siervo / trabajador. Aún así, de vez en cuando puedo tener una idea  para el ministerio, que sale de mi tiempo con Dios y eso está bien, pero no es este el objetivo principal.

Jesús nos ofrece su poder, sabiduría, fortaleza, amor y guía. Asegurémonos de estar conectados con él para que nuestras almas se inunden con Su presencia.

     


The Forgotten Question  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

By Daphne Kirk, www.Gnation2gnation.com; Twitter: daphnekirk

I have discovered there is one phrase which seems to satisfy people that all is well and that phrase is, “I am busy”!  I use it myself sometimes when people ask how I am. I might just say, “busy.” Then I give an account of how many nations I (we) have been to or how many meetings have been conducted. You know what I mean. Those responding say something like, “That is great!” And of course, it is.

However there is one question I have not been asked in 25 years of ministry: “How is your relationship with Jesus?’

The tendency for those in “full time ministry” ( though that word is misused as everyone is in ‘full time ministry’) is to subconsciously think that all is well because we are serving the King on a daily basis. It is as if that makes everything ok.

However the King is also our Bridegroom and every marriage relationship requires more than service.  Appreciated service in marriage will come from a love relationship that is developed in the intimacy of the quiet moments spent together

So I ask myself and I ask you that forgotten question, “How is your relationship with Jesus?”  “How is your intimate love relationship developing  in the quiet moments spent together, or are you simply “busy”?

Daphne

Korean blog (Click here)

Portuguese blog:

A Pergunta Esquecida

Por Daphne Kirk, www.Gnation2gnation.com; Twitter: daphnekirk

Descobri que há uma frase que parece satisfazer as pessoas de que tudo está bem e essa frase é: “Estou ocupada”! Eu a uso às vezes quando as pessoas me perguntam como eu estou. Posso dizer apenas “ocupada”. Então, digo em quantas nações nós estivemos ou quantas reuniões conduzimos. Você sabe o que eu quero dizer. Aqueles que respondem dizem algo como: “Isso é ótimo!” E é claro que é.

No entanto, há uma pergunta que não me fizeram em 25 anos de ministério: “Como está o seu relacionamento com Jesus?”

A tendência para aqueles no “ministério em tempo integral” (embora essa expressão seja usada de forma inadequada, já que todos estão em “ministério em tempo integral”) é inconscientemente pensar que tudo está bem porque estamos servindo o Rei diariamente. É como se isso deixasse tudo certo.

No entanto, o Rei também é nosso Noivo e todas as relações matrimoniais exigem mais do que o serviço. O serviço apreciado no casamento virá de uma relação de amor que se desenvolve na intimidade dos momentos de silêncio que passam juntos

Então, eu faço a mim e a você a pergunta esquecida: “Como está o seu relacionamento com Jesus?”, “como o seu relacionamento de amor íntimo se desenvolve nos momentos tranquilos passados juntos, ou você está simplesmente ‘ocupado?’”

Daphne

Spanish blog:

La pregunta olvidada

Por Daphne Kirk, www.Gnation2gnation.com; Twitter: daphnekirk

He descubierto que hay una frase que parece satisfacer a las personas y les hace sentir que todo está bien, esa frase es, “Estoy ocupado”! En ocasiones yo la uso, cuando la gente me pregunta cómo estoy. Puedo decir, “ocupada”, luego, les doy un informe de las naciones donde he (hemos) estado o de cuántas reuniones se he llevado a cabo. Saben a lo que me refiero. Aquellos que me responden dicen algo como, “¡Eso es genial!” Y por supuesto que lo es.

Sin embargo, hay una pregunta que no me han hecho en 25 años de ministerio: “¿Cómo es tu relación con Jesús?”

La tendencia de los que están en el “ministerio a tiempo completo” (aunque esa palabra es mal usada porque  todo el mundo está en el ‘ministerio a tiempo completo’) es pensar, inconscientemente, que todo está bien porque servimos al Rey de diariamente. Es como si eso hace que todo esté bien.

Sin embargo, el Rey es también nuestro Novio y cada relación matrimonial requiere más que un compromiso. El servicio apreciado en el matrimonio vendrá de una relación de amor que se desarrolla en la intimidad de los momentos de tranquilidad que se toman ​​juntos.

Así que me pregunto y les hago esta pregunta olvidada: “¿Cómo es tu relación con Jesús?” “¿Cómo se desarrolla tu relación de íntimo amor en los momentos de tranquilidad que se toman para estar  juntos, o simplemente estás” ocupado “?

Daphne

     


Soul Care and Sabbath Rest

coaches-rob3Web

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Joel Comiskey wrote: “Statistics say that the leader’s spiritual life is the most important in both pastoring a cell group and making disciples who make disciples that result in multiplication.”

One way to maintain spiritual health and avoid burnout is by honoring the Sabbath (“cease to exist, to stop, to bring things to a halt, a DAY OF REST”).  The command to observe the Sabbath is one of the Big Ten, isn’t it?

Here are some things to consider regarding the Sabbath:

Sabbath is a matter of rest, not ritual.

“Work six days only, but the seventh day must be a day of total rest.”  Exodus 31:15a

“He leads me beside quiet waters, he restores my soul.”               Psalm 23:2

“Come with me by yourselves to a quiet place and get some rest.”                  Mark 6:31

“It’s useless to rise up early and go to bed late and work your worried fingers to the bone.  Don’t you know He enjoys giving rest to those he loves?”                                        Psalm 127:2

One’s principle behind the Sabbath will determine the priority of the Sabbath (Mark 2:23-28).

The Sabbath is a matter of good, not greed (Matthew 12:9-12).

The Sabbath is a matter of Lordship over legalism.

“For the Son of Man is Lord of the Sabbath.”  Matthew 12:8

Now, consider the following three questions.  First, what day each week is your Sabbath?  How do you refresh your spirit?  What do you need to change in your schedule?

Before you move on to something else right now, please read Isaiah 58:12-14.

Comments?

 Rob

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Cuidado da Alma e Descanso Sabático

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Joel Comiskey escreveu: “As estatísticas dizem que a vida espiritual do líder é o mais importante, tanto ao pastorear uma célula como ao fazer discípulos que fazem discípulos e que resultam na multiplicação”.

Uma maneira de manter a saúde espiritual e evitar o esgotamento é honrar o Sábado/Dia Sabático (“deixar de existir, parar, dar uma pausa nas coisas, um DIA DE DESCANÇO”). A ordenança para guardar o sábado é uma das Dez Grandes, não é?

Aqui estão algumas coisas a considerar em relação ao sábado:

O sábado é uma questão de descanso, não um ritual.

“Em seis dias qualquer trabalho poderá ser feito, mas o sétimo dia é o sábado, o dia de descanso” (Êxodo 31:15a).

“Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas” (Salmos 23:2).

Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco (Marcos 6:31).

“Será inútil levantar cedo e dormir tarde, trabalhando arduamente por alimento. O Senhor concede o sono àqueles a quem ama” (Salmos 127:2).

O princípio de alguém por trás do sábado determinará a prioridade do sábado (Marcos 2:23-28).

O sábado é uma questão de bem, não de ganância (Mateus 12:9-12).

O sábado é uma questão de Senhorio sobre o legalismo.

“Pois o Filho do homem é Senhor do sábado” (Mateus 12:8).

Agora, considere as seguintes três perguntas. Primeiro, que dia da semana é o seu dia sabático? Como você renova seu espírito? O que você precisa mudar na sua agenda?

Antes que você faça outra coisa agora, por favor leia Isaías 58:12-14.

Comentários?

Rob

Spanish blog:

Cuidando del alma y el reposo sabático

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Joel Comiskey escribió: “Las estadísticas dicen que la vida espiritual del líder es la más importante tanto en el pastoreo celular como en hacer discípulos que hagan discípulos, que resultan en la multiplicación”.

Una manera de mantener la salud espiritual y evitar el agotamiento es honrando el sábado (“dejar de existir, detenerse, ponerle un alto a todo, un DÍA DE DESCANSO”). La orden de observar el Sábado es uno de los Diez Mandamientos. ¿no?

Aquí hay algunos aspectos a considerar con respecto al sábado:

El Sábado es una cuestión de descanso, no de ritual.

“Durante seis días se podrá trabajar, pero en el séptimo, el sábado, será de reposo consagrado al Señor.” Éxodo 31: 15 NVI

“En verdes pastos me hace descansar. Junto a tranquilas aguas me conduce, él restaura mi alma.” Salmo 23: 2 NVI

“Vengan conmigo ustedes solos a un lugar tranquilo y descansen un poco” Marcos 6:31 NVI

“En vano madrugan ustedes, y se acuestan muy tarde, para comer un pan de fatigas, porque Dios concede el sueño a sus amados” Salmo 127: 2 NVI

El principio propio, acerca del Sábado determinará la prioridad del mismo. (Marcos 2: 23-28). NVI

El sábado es una cuestión de bien, no de avaricia (Mateo 12: 9-12). NVI

El Sábado es una cuestión de Señorío sobre el legalismo.

“Sepan que el Hijo del Hombre es Señor del sábado.” Mateo 12: 8 NVI

Ahora, considera las siguientes tres preguntas. Primero, ¿qué día de la semana es tu Sábado? ¿Cómo refrescas tu espíritu? ¿Qué necesitas cambiar en tu horario?

Antes de hacer algo más, lee en este momento, Isaías 58: 12-14.

¿Comentarios?

Rob

     


Long-term Leadership

coach_JoelFamilyWeb

By Joel Comiskey, check out  coaching 

Satan hates pastors and leaders. They are his primary target. Peter Wagner argues in Prayer Shield (pp. 66-75) that pastors and Christian leaders are attacked more frequently because:

  1. Pastors have more responsibilities and accountability
  2. Pastors are more subject to temptation
  3. Pastors are more targeted by spiritual warfare
  4. Pastors have more influence on others
  5. Pastors have more visibility

The same is true for cell leaders, supervisors, and church planters because they are also caring for the flock and influencing others. Today I read the headline, “Popular Megachurch Pastor Busted in Prostitution Sting.” These headlines are becoming commonplace. Wagner writes, “Over the past couple decades, an alarming number of pastors have dropped out of the ministry for two main reasons: pastoral burnout and sexual immorality. The numbers have reached epidemic proportions” (Prayer Shield, p.17). A 2016 USA study  by the Josh McDowell and George Barna found, “Most pastors (57%) and youth pastors (64%) admit they have struggled with porn, either currently or in the past.” The shocking finding was that 21 percent of youth pastors and 14 percent of pastors admit they currently struggle with using porn.

As leaders in Christ’s church, what can we do to protect ourselves and reverse this trend? Allow me to suggest three things:

  1. Prioritize prayer. I’m referring here to two things: First, make sure you have a dynamic quiet time each day. Second, develop a prayer shield of people who are committed to praying for you.
  2. Prioritize your spouse and family. John Maxwell once said, “Success is having those closest to you love and respect you the most.” Don’t allow spouse and family to take a back seat to ministry.
  3. Prioritize rest. Are you taking a day off? How about regular vacations? What about getting enough sleep each night? I remember one missionary boasting that he never took a day off. This is nothing to boast about. Leaders who come away frequently to rest are more energized in ministry. God is a God of rest. He commanded his people in the Old Testament to rest one day out of the week, along with required festivals where no “regular work” was permitted. He required these things because he knew his human creation  needed to be recharged.

Ministry in general is demanding, and so is cell ministry. But spiritual disciplines and family priorities come before ministry. They are the leader’s wellspring and keys to long-term success. When pastors and cell leaders fail to receive Christ’s living water and do not come away to rest frequently, Satan has an opportunity to deceive and destroy.

In August, let’s talk about these three qualities. We’ll cover:

  • August 06-12. Soul care through personal time with Jesus; let’s talk about the daily need for the quiet time and developing a prayer shield. Personal growth with Jesus is the foundation of all effective ministry.
  • August 13-19. No blogging
  • August 20-26. Soul care through day off and vacation time. Pastors and leaders need to be refreshed through the discipline of rest. I’m referring to day off, vacations, and getting enough sleep.
  • August 27-September 02. Prioritizing those relationships closest to the pastor or the leader. There’s always the danger in prioritizing ministry to the neglect of spouse and children.

What have you been learning about long-term leadership? Feel free to comment here .

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Liderança a Longo Prazo

Por Joel Comiskey

Satanás odeia pastores e líderes. Eles são o principal alvo dele. Peter Wagner argumenta em Prayer Shield que pastores e líderes cristãos são atacados com mais freqüência porque:

  • Os pastores têm mais responsabilidades e prestação de contas
  • Os pastores estão mais sujeitos à tentação
  • Os pastores são mais alvo da guerra espiritual
  • Os pastores têm mais influência sobre os outros
  • Os pastores têm mais visibilidade (pp. 66-75)

O mesmo é verdade para líderes de célula, supervisores e implantadores de igrejas, porque eles também estão cuidando do rebanho e influenciando os outros. Hoje eu li a manchete, “Pastor Megachurch Popular Busted in Prostitution Sting” (Pastor de Mega Igreja Pego em Segmento de Prostituição, em tradução livre). Essas manchetes estão se tornando comuns. Wagner escreve: “Ao longo das últimas duas décadas, um número alarmante de pastores abandonaram o ministério por dois motivos principais: burnout pastoral e imoralidade sexual. Os números atingiram proporções epidêmicas” (Prayer Shield, p.17).

Um estudo dos EUA de 2016 dos Josh McDowell e George Barna descobriu: “A maioria dos pastores (57%) e pastores juvenis (64%) admitem ter lutado com a pornografia, atualmente ou no passado”. A descoberta chocante foi que 21 por cento dos jovens pastores e 14 por cento dos pastores admitem que atualmente lutam com o uso de pornografia.

Como líderes na igreja de Cristo, o que podemos fazer para nos proteger e reverter essa tendência? Permita-me sugerir três coisas:

  1. Priorize a oração. Estou me referindo aqui a duas coisas: Primeiro, certifique-se de ter um tempo de silêncio dinâmico a cada dia. Em segundo lugar, desenvolva um escudo de oração de pessoas que estão empenhadas em orar por você.
  2. Priorize seu cônjuge e sua famí­lia. John Maxwell disse uma vez: “O sucesso é ter mais próximos os que você ama e respeita mais”. Não permita que o cônjuge e a família tomem um assento traseiro no ministério.
  3. Priorize o descanso. Você está tirando um dia de folga? Que tal as férias regulares? O que é fazer o suficiente para descansar todas as noites? Lembro-me de um missionário se vangloriando de que ele nunca tirou um dia de folga. Isso não é para se gabar. Os líderes que se afastam freqüentemente para descansar são mais energizados no ministério. Deus é um Deus de descanso. Ele ordenou ao seu povo no Antigo Testamento que descansasse um dia fora da semana, juntamente com os festivais necessários onde não era permitido “trabalho regular”. Ele exigiu essas coisas porque ele sabia que sua criação precisava ser recarregada.

O ministério celular é exigente. E é uma maratona. As disciplinas espirituais e as prioridades familiares vêm antes do ministério. Elas são a fonte do líder e as chaves para o sucesso a longo prazo. Quando pastores e líderes de célula não conseguem receber a água viva de Cristo e não se afastam para descansar com frequência, Satanás tem a oportunidade de enganar e destruir.

Em agosto, vamos falar sobre essas três qualidades. Vamos cobrir:

  • 06-12 de agosto. Cuidado da alma através do tempo pessoal com Jesus; Vamos conversar sobre a necessidade diária do tempo de silêncio e desenvolver um escudo de oração. O crescimento pessoal com Jesus é o fundamento de todo o ministério efetivo.
  • 13-19 de agosto. Não há blogs
  • 20 a 26 de agosto. Cuidado da alma durante o dia de folga e o tempo de férias. Pastores e líderes precisam ser atualizados através da disciplina de descanso. Estou me referindo a dias de folga, férias e dormir o suficiente.
  • 27 de agosto a 02 de setembro. Priorizando os relacionamentos mais próximos do pastor ou do líder. Há sempre o perigo de priorizar o ministério à negligência do cônjuge e dos filhos.

O que você tem aprendido sobre a liderança de longo prazo? Não hesite em comentar aqui.

Spanish blog:

Liderazgo a Largo Plazo

por Joel Comiskey

Satanás odia a los pastores y a los líderes. Ellos son su objetivo principal. Peter Wagner argumenta en Prayer Shield (Escudo de Oración) que los pastores y lí­deres cristianos son atacados con más frecuencia ya que:

  • Los pastores tienen más responsabilidades
  • Los pastores estan más expuestos a la tentación
  • Los pastores son más el blanco de la guerra espiritual
  • Los pastores tienen más influencia en los demás
  • Los pastores están bajo la mirada de todos (pp. 66-75)

Lo mismo ocurre con los lí­deres celulares, los supervisores y los fundadores de iglesias, porque están al cuidado del rebaño y también están influenciando a los demás. Hoy he leído el titular, “Pastor de Popular Mega-iglesia arrestado por participar en red de prostitución.” Estos titulares se están convirtiendo en algo común.

Wagner escribe: “Durante las últimas dos décadas, un número alarmante de pastores han abandonado el ministerio; esto ha sucedido principalmente por dos razones: el agotamiento pastoral y la inmoralidad sexual, los números han alcanzado proporciones epidémicas” (Escudo de Oración, p.17). En un estudio en los Estados Unidos, realizado por Josh McDowell y George Barna, se encontró con que “la mayoría de los pastores (57%) y los pastores de jóvenes (64%) admiten que ya sea ahora o en el pasado han luchado con la pornografía”. El sorprendente hallazgo fue que el 21 por ciento de los pastores de jóvenes y el 14 por ciento de los pastores admiten que actualmente luchan con el uso de pornografía.

Como líderes en la iglesia de Cristo, ¿qué podemos hacer para protegernos y revertir esta tendencia? Permítanme sugerir tres cosas:

  1. Da prioridad a la oración. Me refiriendo a dos situaciones: Primero, asegúrate de tener un tiempo de silencio dinámico cada día. Segundo, desarrolla un escudo de oración de personas que estén  comprometidas a orar por ti.
  2. Da prioridad a tu cónyuge y familia. John Maxwell dijo una vez: “El éxito es tener a los más cercanos a ti, los que te quieran y te respeten más”. No permitas que tu cónyuge y familia tomen un asiento trasero en el ministerio.
  3. Da prioridad al descanso. ¿Te estas tomando un día libre? ¿ unas vacaciones? ¿Qué hay de descansar lo suficiente cada noche? Recuerdo un misionero alardeando que él nunca se tomó un día libre; esto no es algo para jactarse. Los líderes que con frecuencia se toman un momento para descansar, tienen más energía para trabajar en el ministerio. Dios es un Dios de reposo. Él ordenó a su pueblo en el Antiguo Testamento que descansarán un día en la semana, junto con los fiestas donde no se permitía “trabajo regular”. Él requirió estas cosas porque sabía que su creación necesitaba ser recargada.

El ministerio celular es exigente; es maratónico. Las disciplinas espirituales y las prioridades familiares vienen antes del ministerio. Estas son la fuentes del líder y las claves del éxito a largo plazo. Cuando los pastores y los líderes celulares no reciben el agua viva de Cristo y no vienen a descansar con frecuencia, Satanás tiene la oportunidad de engañar y destruir.

En agosto, hablemos de estas tres cualidades. Cubriremos:

  • 06-12 de agosto. Cuidado del alma a través del tiempo personal con Jesús; Hablaremos de la necesidad diaria de un momento de tranquilidad y el desarrollo de un escudo de oración. El crecimiento personal con Jesús es el fundamento de todo ministerio efectivo.
  • 13-19 de agosto. No habrá blogs
  • 20-26 de agosto. Cuidado del alma durante los días libres y las vacaciones. Pastores y líderes necesitan ser refrescados a través de la disciplina del descanso. Me estoy refiriendo a días libres, vacaciones, y dormir lo suficiente.
  • 27 de agosto – 02 de septiembre. Priorizar las relaciones más cercanas al pastor o al líder. Siempre existe el peligro de dar prioridad al ministerio por el descuido de el cónyuge e hijos.

¿Qué ha estado aprendiendo acerca del liderazgo a largo plazo? Siéntete libre de comentar aquí.

     


More Recent Articles



Click here to safely unsubscribe from "joelcomiskeygroup.com Blog."
Click here to view mailing archives, here to change your preferences, or here to subscribePrivacy